Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos



                                                Doenças Emocionais

     Sabemos que muitas doenças existentes são emocionais. Varias reações biológicas são derivados de determinados estados psíquicos disfuncionais. São traumas, bloqueios, formação educacional familiar, estrutura emocional da família. Enfim, muitos são os fatores que provoca nas pessoas a desenvolverem sintomas prejudiciais e que o levam a fobia, angustia, ansiedade, medo. 

     Certamente, bloqueios, traumas desencadeiam a insegurança, o medo, timidez levando-as a desenvolverem a dependência ou co-dependência de objetos, substancias psicoativas, pessoas ou outros tipos de dependência.

     Muitas das vezes estes bloqueios e traumas são inconsciente, isto é, não se conseguem identificar a origem e assim, cada um busca a sua maneira  respostas e justificativas para explicar tais atitudes, levando-as entrarem num profundo sentimento de angustia e mesmo depressão devido um vazio existencial aberto por de não encontrar tais respostas.

     Um dos sentimentos que é comum  levanos a desenvolver determinadas disfunções psíquicas é a rejeição. Na maioria dos casos as disfunções psíquicas são inerentes a traumas provocados por sentimento de rejeição que são totalmente desconhecida para alguns devido ser inconsciente.

     Segundo meu ponto de vista, existem duas maneiras de tratar tais traumas inconscientes. Uma delas é buscar tratamento através de profissionais da área psíquica. Pois, através de varias sessões de analises, técnicas usadas  vai-se tendo a oportunidade de se abrir a ai encontrar a origem destas disfunções. Por meio de relaxamento, algumas técnicas, aconselhamento e alguns procuram-se equacionar o problema através de medicamentos.

     A segunda maneira está ligado a espiritualidade. Costumamos dizer que muitos traumas, bloqueios, sentimentos de rejeição necessitam de cura interior, isto é, por meio de meditação, reflexão, oração as pessoas podem curadas deste traumas.

     É comum como foi dito acima, devido a traumas ocorrerem bloqueios que não conseguem ser descoberto sua origem. Muitas das vezes estes bloqueios ocorreram ainda no ventre materno, uma gravidez indesejada, acontecimentos ainda quando criança que estão gravadas no inconsciente que acabam desencadeando vários sintomas e reações na infância, adolescência e fase adulta.

A dimensão espiritual quando se procura desenvolver de forma coerente atinge enormes benefícios principalmente, porque a oração de cura interior  esta baseada no perdão.

     Aquele que participa das orações de cura interior, que podemos também chamar de libertação, entra num estado profundo emocional tendo a oportunidade de voltar ao seu passado e através de louvores, de reflexões meditativas, de musicas introspectivas proporcionar que passeamos pelo nosso interior e sejamos curados, pois, há todo um estado propicio de cura interior, a esta introspecção

     O desenvolvimento espiritual é algo que certamente facilita qualquer atividade profissional na área psíquica. Pois, na verdade quando trata-se de questões emocionais o êxito deste tratamento depende quase que exclusivamente do paciente, isto é sua vontade em ajudar o analista. Sendo assim, a medida que as pessoas recorrem a cura interior por meio de uma espiritualidade, sua desenvoltura diante um problema torna-se completamente diferente.

     Esta tem sido a tônica o êxito de muitas entidades no tratamento para dependentes químicos, seus familiares e outras doenças relacionado ao psiquismo. Uma aliança perfeita entre a espiritualidade e o profissional da área psíquica.
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 08/12/2005
Alterado em 06/03/2010


Comentários