Seja bem vindo, boa leitura, será um prazer teu comentário.
Ataíde Lemos
Palavras, uma viagem pelos sentimentos.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


               Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro 

     Filipenses (1,20-24)20 Meu ardente desejo e minha esperança são que em nada serei confundido, mas que, hoje como sempre, Cristo será glorificado no meu corpo (tenho toda a certeza disto), quer pela minha vida quer pela minha morte. 21 Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. 22 Mas, se o viver no corpo é útil para o meu trabalho, não sei então o que devo preferir. 23 Sinto-me pressionado dos dois lados: por uma parte, desejaria desprender-me para estar com Cristo - o que seria imensamente melhor; 24 mas, de outra parte, continuar a viver é mais necessário, por causa de vós... 

     Quero iniciar a mensagem de reflexão a partir destas palavras de Paulo aos filipenses. Para refletir o desejo ardente daqueles que esperam ansiosamente a volta de Jesus e a gloria eterna. 

     Quando estamos acometidos de certas doenças terminais e que sofremos muito, um dos desejos é o descanso definitivo. Viver é bom desde que estejamos bem. Desde que possamos desfrutar da vida com saúde física e psicológica. Se assim não for, a vida passa a ser um eterno sofrimento. Pois bem, aquele que acredita piamente na vida eterna nestes momentos (doença) morrer é a alegria da restauração da vida. 

     Na carta aos Romanos ( 8, 18-23 ) Paulo diz que os sofrimentos do tempo presente não tem proporção com a gloria que deve ser revelada em nós, pois a criação espera com impaciência a revelação dos filhos de Deus. Estas palavras de Paulo se completam no texto iniciado na reflexão. 

     Pois bem, quando vemos o mundo como está, a falta de amor, a violência, a falta de humanidade certamente ficamos ansiosos para que a gloria de Deus se revele o quanto antes, para que realmente possamos transpassar por este estado de coisas. 

     Jesus também fala que quando vermos tantas coisas acontecendo é para que não nos assustássemos que ainda não era o fim, apenas o inicio dele. Frase esta que se partirmos das primícias que o sofrimento leva as pessoas ansiarem pela vinda de Jesus, o sofrimento coletivo também serve para que os cristãos anseiem e clamam veemente para que Jesus volte logo. 

     O verdadeiro cristão é aquele que não olha apenas para si, mas se compadece com o sofrimento do outro. É aquele que não se compraz com a violência, com o desamor, a falta de respeito pelo próximo. Sente em suas próprias entranhas o sofrimento de cristo no irmão, e desta forma, quando olha para frente e não consegue ver horizonte se coloca diante de Deus e pede constantemente que Ele venha e possa então restaurar a humanidade. 

     Porem, enquanto Ele não vem continuamos nossa luta em favor da vida, profetizando e agindo através de obras motivadas pela fé, tendo o mesmo sentimento e certeza de Paulo. “Não sou eu que vivo, mas Cristo que vive em mim.”
Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 17/09/2006
Alterado em 17/09/2006


Comentários